250 ANOS DE BEETHOVEN
08/02/2020 17:50 em Música

 

Ludwig van Beethoven (Bonn, batizado em Viena em 1770 e faleceu em 26 de março de 1827) foi um compositor alemão do período de transição entre o Classicismo (século XVIII) e o Romantismo (século XIX). É considerado um dos pilares da música ocidental, pelo incontestável desenvolvimento, tanto da linguagem como do conteúdo musical demonstrado nas suas obras, permanecendo como um dos compositores mais respeitados e mais influentes de todos os tempos. "O resumo de sua obra é a liberdade", observou o crítico alemão Paul Bekker (1882-1937), "a liberdade política, a liberdade artística do indivíduo, sua liberdade de escolha, de credo e a liberdade individual em todos os aspectos da vida". Com 12 anos teve as suas peças publicadas. Estudou com Haydn, com Schenk, Albrechtsberger e Salatiere. Sua estreia pública se deu em 1795. Como pianista, dizem os relatos da época, tinha tanta paixão, brilho e fantasia quanto profundidade de sentimeto, Foi em 1802 quando percebeu que seus problemas de audição eram incuráveis e certamente iriam piorar. Superou a crise com determinação e entrou em nova fase criativa chamada de seu "período médio". Caracteriza-se por um tom heróico, evidente na Sinfonia Heróica n. 3. Sinfonia nº 9 em Ré Menor, Op.125 (1822-1824), para muitos a sua obra-prima, pela primeira vez é inserido um coral num movimento de uma .sinfonia O texto é uma adaptação do poema de Friedrich Schiller, "Ode à Alegria", feita pelo próprio Ludwig van Beethoven.

Alegria bebem todos os seres
No seio da Natureza:
Todos os bons, todos os maus,
Seguem seu rastro de rosas.
Ela nos deu beijos e vinho e
Um amigo leal até à morte;
Deu força para a vida aos mais humildes
E ao querubim que se ergue diante de Deus!


— Parte do verso da Ode à Alegria, de Friedrich Schiller, utilizado por Ludwig van Beethoven.

Beethoven faleceu no início de 1827. Sua influência na história da música foi imensa. Ao morrer, a 26 de Março de 1827, estava a trabalhar numa nova sinfonia, assim como projetava escrever um Requiem.

 

COMENTÁRIOS
APPs RADIO NEMESIS